Coisas que a vida não te ensina

08:55


Sabem de uma coisa? Viver cansa. Acordar, enfrentar um dia de dificuldades e obstáculos e - na maioria das vezes - fingir ser alguém que você não é. Cansa muito. E eu estava andando e pensando nisso esses dias. Quais são os prazeres da vida, se cansa tanto e tanta gente acaba com ela? Deve estar bem escondido. No fundinho do armário, junto com meus livros caros e autografados.
"Quem somos nós e pra onde vamos?" Qual é, isso não importa! Pra que questionar a vida se ela está aqui apenas para vive-la? A vida é inquestionável. Lide com isso. Nós temos milhões de oportunidades todos os dias.Temos mais de três mil perguntas por dias. Fazemos mais de duas mil escolhas por dia. E você ainda quer que a vida tenha um sentido? Nada tem sentido, meu amigo. Essa é a graça.
A vida é como ser uma eterna criança. Tudo parece tão novo e tão sem resposta. E essa é a magia da coisa. Imaginar que é a fada do dente que coloca o dinheiro de baixo do travesseiro, ou que é o papai noel que te dá presente de natal. O legal da vida é não saber onde ela vai parar. Esse é o eterno jogo. E eu perdi. 
 Já questionei muito a vida, admito e não nego. É até divertido, sim. Mas não vale a pena. Gastar páginas de cadernos e tintas da caneta escrevendo sobre isso. Não, não faz isso. É idiotice.
E quando você chega a uma conclusão sobre isso tudo, ela te faz favor de te provar o contrário.
Deus, extraterrestres, unicórnios, gnomos... a vida. É, a vida tá nesse grupo. De coisas que sabemos/não sabemos, e queremos provas. Você só acredita vendo? Ah, meu querido. Somos todos cegos de ilusão. E só enxergamos na escuridão - e olhe lá.
Pra viver, precisa sim de um pouco de fé. Se não fosse por ela, eu teria desistido a muito tempo. Ultimamente, minha fé anda bem distante mesmo. Mas fé não é algo que compra. Ela vem naturalmente, igualzinho o amor. E quando ela vem, ela não te abandona. Fé é igual paz: todos precisam, mas ninguém sabe disso ainda.
E sobre a vida ser confusa e cheia de pegadinhas? Bem, ela é uma jogadora bem competitiva. Mas no final, seus jogadores se dão bem. Confia em mim.
Calma. Se está tudo andando meio mal, não se preocupe.Sempre acaba de um jeito bom. E eu tenho certeza que vocês já ouviram que tudo dá certo no final, e que se não está nada certo, é porque ainda não é o fim. Essa frase é tão importante que pendurei ela no meu quadro de cortiça. E até tatuaria, se eu já não tivesse acabado de fazer duas tatuagens de uma vez.
Resumindo: a vida é esse jogo de tabuleiro sem dados. Tudo pelo merecimento e claro, um pouquinho de sorte.
É um jogo que não tem como vencer. Você só perde.
Eu perdi.


You Might Also Like

3 comentários

  1. Concordo!

    Estou seguindo seu blog...Segue o meu,link:http://noticiadaleeleh.blogspot.com.br/

    Obrigada desde já!

    ResponderExcluir
  2. Você escreveu todos os meus pensamentos, sério. Queria que todos pudessem ver que a vida não é pra se entender, é apenas para se viver, assim como uma pessoa não pode ser rotulada, julgada, ela apenas é o que é. Não há necessidade alguma de gastar tempo e energia tentando entender tudo isso (me desculpem filósofos de plantão), são as pontas soltas que nos fascinam nesse mundo, que nos mostram o quão diferentes e estúpidos todos nós somos, embora muitos demorem para compreender isso ou até mesmo negam tal fato, cegados pelo ego. E esse é o maior presente da vida, a ignorância, nos faz feliz em um dia, ou tristes em outros, mas nunca nos faz sentir presos na monotonia. A virtude da ignorância! Parabéns pelo texto, e por favor, continue!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem certas coisas que as pessoas vivem para pensar, mas não param para viver.
      Obrigada, fico feliz que tenha gostado (e entendido minha baguncinha haha)

      Excluir