Algumas coisas não precisam dar errado

0 Comments

Eu tenho uma certa dificuldade em dizer adeus. Já teve várias ocasiões em que eu precisei dizer, mas achei que não seria tão importante. Guardei meu "adeus" lá no fundo da gaveta, esperando a hora certa para ele sair. Acontece que esse adeus ficou lá por muito tempo, então foi esquecido. É como se o "adeus" nunca fosse dito. 

É. Eu acabei me esquecendo de dar adeus. Então, as coisas se foram sozinhas e eu n tive nem a lembrança do último momento. Meu adeus foi esquecido, assim como o começo. Mas acabou que o começo virou um final, então ficou tudo bem. E sim, ficou esquecido.


Mas no momento, eu realmente não quero dizer adeus nenhum. Esse foi um dos melhores anos da minha vida, desde muito tempo. Conheci pessoas maravilhosas, tive experiências incríveis e foi meu primeiro contato com algo dando certo na vida. Não. Não quero me despedir disso. 


Vou sentir falta dos amigos que fiz e refiz aqui. Na escola, e em toda a minha vida. Ah, como eu vou sentir falta disso tudo. Dos horários que a gente passava desabafando e falando de assuntos tão aleatórios. As confianças que criamos. Os abraços tão sinceros. As risadas tão gostosas. Que medo eu tenho disso tudo acabar...


Mas eu não sou mais aquela pessoa que fugia dos finais e das coisas ruins. É, eu tenho que dar adeus para isso. Algumas pessoas vão embora, outras vão ficar. Dei muitas risadas, chorei bastante também. Mesmo tendo beijado apenas uma boca, sempre parecia algo diferente. Isso é muito incrível. 


Óbvio, n é tudo que vai acabar. Algumas coisas vão permanecer e outras podem até ser melhores. Mas eu tenho aquele medo de ser tão diferente e perder todo o encanto. Eu tenho medo de sentir falta e não poder fazer nada por isso. Entende isso? É tão complicado. 


Sei que tudo o que passei foi tão bom, e eu poderia ficar nesse ano para o resto da minha vida. Mas eu não posso e algumas coisas precisam evoluir. Tenho só 15 anos, quero chegar aos 27. Tenho um longo caminho pela frente. 


Eu sou de sentir saudade de tudo. As coisas vão embora mais rápido do que elas chegam. Mas graças à Deus, tem muita coisa que veio pra ficar mesmo. Eu sou muito grata a tudo isso. Não posso negar que algumas coisas estão indo embora, mas eu tenho a confiança de que tudo isso é melhor no final. O fim do túnel pode ter uma luz. E às vezes a luz pode ser o próprio fim.


Quero descobrir coisas novas e escrever sobre elas. Quero crescer mais e ser alguém melhor. Quero perder alguns medos, quem sabe ganhar outros. Quero continuar com esse espírito apaixonado (e trouxa) que me rende tantos textos. Quero começar a ser alguém, e quero poder estar perto de toda essa gente que, agora, tem um lugar muito especial no meu coração. 


E falando em coração, chegou a hora de contar pra ele que algumas coisas vão ter que ir embora. Desculpa. Algumas coisas voltam, outras não. Mas sempre chegarão coisas novas. Eu te prometo.


Então, acho que é isso. Aqui fica meu adeus. E meu futuro, à Deus pertence.






You may also like

Nenhum comentário: