Ela

0 Comments

Fiquei encarando-a por alguns minutos tentando imaginar como tanta beleza caberia em uma pessoa só. Não entendi se era o sorriso dela que deixava qualquer coisa mais feliz, se era seus olhos escuros e profundos que liam o que eu sentia e que, sem precisar dizer palavra alguma, deixava uma música nos meus ouvidos. Não sei se era o jeito que seus cabelos caiam sobre seus ombros, ou a sua boca desenhada gritava meu nome como uma forma de suplico.
Ok, ela não me gritava. Mas eu daria qualquer coisa para ouvir meu nome sair da boca dela.
Nunca toquei em suas mãos, mas tenho certeza que se um dia eu tocar, cada célula do meu corpo vai se juntar com as dela, até virarmos uma só. O perfume dela sempre acaba grudado no meu moletom azul, por menor que seja nosso contato. Minhas pernas sempre tremem quando eu converso com ela, e quando eu deito minha cabeça no travesseiro, é justamente nela que eu penso. Não precisa de ser algo especifico. Só precisa ter ela no meio.
Por incrível que pareça, nossa história não é muito longa. Tem algumas semanas, com sorte digo que tem alguns meses. E falando em sorte, posso dizer que sou a pessoa mais sortuda que eu já ousei conhecer, por já ter sentido o gosto doce dos seu lábios. Não sei se ela é tão apaixonada por mim quanto eu sou por ela, ou se a reciprocidade é um participante comum no que a gente tem.
Espera. A gente tem alguma coisa? Oh, merda, acho que fui longe demais.
Só sei que meu coração bate forte demais quando a vejo e sempre tenho que convence-lo de que o momento não é o certo para acelerar-se tanto assim, e que era para ele esperar chegarmos em casa para que ele pudesse chorar no meu próprio ombro. Mas não adianta, ele sempre se exalta. Grita, esperneia, treme. Às vezes acho que ele sapateia dentro de mim.
É isso. Ela faz meu coração sapatear.
A gente tem tudo para dar certo. Vontade, romance, história, mais vontade... Só falta a vontade. Bom, pelo menos da parte dela. Sei que nem sempre é bom apressar as coisas, mas devo admitir, que não existem regras ou conselhos quando estamos falando sobre ela. Todas as teorias caem por completo, todas as certezas viram dúvidas e eu? Ah... Eu sou dela já faz muito tempo.

Leia ouvindo: Riptide - Vance Joy


You may also like

Nenhum comentário: